Entenda o modo conjuntivo (subjuntivo)!

O modo conjuntivo (ou subjuntivo) é um grande quebra-cabeças para quem estuda português. A boa notícia é que esse quebra-cabeças tem solução!
No Falar Português, preparámos uma explicação breve sobre os valores deste modo verbal e um conjunto de atividades interativas para que melhor entenda o modo conjuntivo (subjuntivo)!

Modo conjuntivo (subjuntivo): valores e tempos verbais

Em português, o modo conjuntivo (ou subjuntivo) exprime o não realizado, o irreal, a incerteza, a possibilidade, a dúvida, a condição, o desejo. Isto significa que o modo conjuntivo se opõe ao modo indicativo, que é o modo de expressão do real, do concreto e do certo.

No modo conjuntivo (ou subjuntivo), existem seis tempos verbais: três tempos verbais simples e três tempos verbais compostos. Esses tempos verbais encontram-se na imagem abaixo.

Consulte as conjugações completas dos verbos aqui.

Hora de praticar!

Observe alguns exemplos de frases com verbos no modo conjuntivo:

  1. Duvido que cantes bem.
  2. Era possível que ele tivesse comido o bolo inteiro.
  3. Tenho dúvidas que tenham investido em mais material tecnológico.
  4. Desejava que os meninos não corressem dentro de casa.
  5. Se a Maria brincar mais, ficará mais contente.
  6. Quando eu tiver confirmado a minha disponibilidade, poderás reservar mesa no restaurante.
  7. Espero que faças os relatórios.
  8. Pode ser que nasçam flores no teu jardim.

A – Associe cada uma das frases ao valor que exprime.

B – Identifique os tempos verbais dos verbos assinalados.

C – Oiça a canção e complete a letra com os verbos corretos no pretérito imperfeito do conjuntivo.

A partir de agora, esperamos que não tenha mais problemas e entenda o modo conjuntivo (subjuntivo). Diga-nos nos comentários quais são as suas maiores dúvidas sobre este modo verbal.

Em breve, vamos ter mais surpresas sobre o modo conjuntivo (subjuntivo). Se quiser ser o(a) primeiro(a) a receber essas surpresas, subscreva a nossa newsletter!

Encontre mais recursos didáticos na secção Aprender Português. Clique aqui. Se ensina português e precisa de ajuda na criação de materiais didáticos, aconselhamos-lhe este curso que terá início no dia 15 de agosto.