Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo

Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo

No blogue do Falar Português, já tivemos a oportunidade de analisar as regras de conjugação e de aplicação de tempos verbais do passado, tais como o Pretérito Imperfeito do Indicativo e o Pretérito Perfeito Simples do Indicativo (clique aqui).

Além do Pretérito Imperfeito do Indicativo e do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo, existem também outros tempos do passado em português. É o caso do Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo, que vamos analisar neste artigo. Leia o artigo e saiba como conjugar verbos neste tempo, como formar o particípio passado de verbos regulares, conheça alguns verbos com particípios passados irregulares e pratique com a atividade que preparámos para si!

Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo

1 – Contexto de utilização

O Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo é utilizado para falar de uma ação do passado que é anterior a outra ação do passado. Veja o exemplo:

Quando comprei este livro, já tinha lido todos os livros do mesmo autor.

Na frase apresentada acima, a ação de ler todos os livros do mesmo autor é anterior à ação de comprar este livro, mesmo que as duas ações aconteçam no passado. Assim a ação de ler todos os livros do mesmo autor é expressa no Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo, enquanto a ação de comprar este livro é expressa no Pretérito Perfeito Simples do Indicativo.

2 – Regras de conjugação

Para conjugar um verbo no Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo, utilizamos o verbo auxiliar ter, conjugado no Pretérito Imperfeito do Indicativo, e o particípio passado do verbo principal. Veja o exemplo do verbo comprar.

Verbo ter no Pretérito Imperfeito do IndicativoParticípio Passado do verbo comprar
(eu) tinha
(tu) tinhas
(ele/ela/você) tinha
(nós) tínhamos
(eles/elas/vocês) tinham
comprado

Veja agora um exemplo de utilização do verbo comprar no Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo:

(1) Quando o agente imobiliário me telefonou, eu já tinha comprado outra casa.

3 – Particípios passados regulares

Para formar os particípio passados regulares, adicionamos a terminação -ado ao radical de verbos terminados em -ar. Aos radicais de verbos terminados em -er e -ir, adicionamos a terminação -ido. Veja os exemplos.

ComprarBeberPartir
CompradoBebidoPartido

4 – Particípios passados irregulares

Alguns verbos têm particípios passados irregulares. Veja os exemplos de alguns desses verbos na tabela abaixo.

VerbosParticípios passados
FazerFeito
DizerDito
EscreverEscrito
PôrPosto
VerVisto
VirVindo

5 – Hora de praticar!

Aplique, agora, os seus conhecimentos com o exercício que encontra abaixo.

Esperamos que, a partir de agora, se sinta mais confiante para falar no passado em português, aplicando o Pretérito Mais-que-Perfeito Composto do Indicativo. Este e outros conteúdos fazem parte do programa do Curso Híbrido de Português para Estrangeiros | Nível Intermédio (B1), do Falar Português. As inscrições para a primeira turma já terminaram, mas pode entrar na lista de espera para a segunda turma deste curso. Clique na imagem para saber mais!