Querido diário: um dia agitado

Querido diário: um dia agitado

Todos nós já escrevemos alguns episódios da nossa vida e segredos impossíveis de revelar num diário, certo? Muitas das páginas dos nossos diários poderiam ter como título Querido diário: um dia agitado!

Esta semana, recriámos a página de um diário e, a partir dela, preparámos um conjunto de atividades de compreensão escrita, de gramática e de produção escrita. Neste artigo, encontra:

Querido diário: um dia agitado

Lisboa, 27 de fevereiro de 2019.

Querido diário,

Ontem, o meu dia foi muito agitado e, por isso, não escrevi nada nas tuas páginas.

Como sempre, levantei-me às 7 horas, com muita energia e muita vontade de realizar as minhas tarefas. Fui até à casa de banho para tomar um banho refrescante, vesti-me, fui para a cozinha e comi uma taça de cereais com leite. Até aqui, tudo normal!

Peguei nas chaves do meu carro, saí de casa e, assim que liguei o carro, PUFFF! Fumo por todo o lado e um cheiro insuportável a queimado. Já estava atrasado para a primeira reunião do dia, que eu não podia falhar por ser a reunião com o diretor da empresa.

Chamei um reboque para levar o carro para a oficina, pedi um táxi para ir até à empresa, mas, quando o táxi parou num semáforo, não andou mais. Não podia acreditar que também o táxi estava avariado! Como é que ia conseguir chegar a horas à reunião se faltavam apenas 5 minutos para começar? Podia ir a pé mas… tinha de caminhar durante 20 minutos. Pus-me a pensar e… EURECA! Tive uma ideia brilhante! Decidi começar a correr e honrar a medalha de ouro que ganhei na competição de atletismo da minha escola, em 1988.

E assim foi! Corri com toda a minha energia e quase nem ouvi os gritos que me perseguiam. Comecei apenas por ouvir “…ão…ão…ão…”. Depois escutei “…drão…drão…drão…”. Até que, finalmente, ouvi “Ladrão! Ladrão! Ladrão!”. Olhei à minha volta para tentar agarrar o ladrão que procuravam mas vi que toda a gente corria na minha direção. O ladrão era eu!

Com toda a ansiedade, não paguei ao taxista, que pensou que eu era um ladrão. Tudo podia ter sido resolvido calmamente, mas havia polícias por perto e, por isso, passei umas horas na esquadra. E, claro, falhei a reunião com o diretor e vou receber menos 200€ no fim do mês!

Espero que os próximos dias sejam mais calmos.

Um abraço,

João

Atividades de compreensão escrita

1- Escolha a opção correta.

Para cada pergunta, escolha a opção correta.

2- O que aconteceu?

Complete o texto que se segue com os verbos na pessoa e no tempo verbal corretos, para recontar o que aconteceu a João.

3 – Conjugue os verbos

Realize as atividades que se seguem a partir dos verbos destacados no texto.

PRODUÇÃO ESCRITA

Imagine que, ontem, também teve um dia muito agitado. Escreva uma página de diário sobre um episódio que tenha agitado o seu dia. Para relatar esse episódio, deve ter em conta o incidente sugerido pelas imagens abaixo.

Partilhe nos comentários um resumo do episódio que tenha agitado o seu dia e explore mais recursos didáticos do Falar Português (clique aqui).

Para receber conteúdos exclusivos e saber de todas as novidades do Falar Português em primeiro lugar, subscreva a nossa newsletter!

Encontre a motivação e a orientação necessárias para estudar português com a agenda semanal Português em Dia. Clique na imagem e descarregue gratuitamente a agenda!