Se eu fosse…| Pretérito Imperfeito do Conjuntivo

PRETÉRITO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO

Neste artigo do nosso blogue, apresentámos-lhe as características gerais do Modo Conjuntivo (ou Subjuntivo) em português e o seu contraste com o Modo Indicativo.

No artigo desta semana, decidimos dar uma maior atenção ao Pretérito Imperfeito do Conjuntivo, explicando-lhe como conjugar os verbos neste tempo verbal do Modo Conjuntivo e também como aplicá-lo em estruturas de condição. Leia o artigo e pratique este tempo verbal com os exercícios que preparámos para si!

PRETÉRITO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO

O Pretérito Imperfeito do Conjuntivo é o tempo que surge nas frases em correlação com o Pretérito Perfeito do Indicativo e com o Pretérito Imperfeito do Indicativo. Este tempo verbal permite-nos expressar as ideias de probabilidade, de dúvida ou de irrealidade. Veja a seguir como conjugar verbos neste tempo.

PRETÉRITO IMPERFEITO DO CONJUNTIVO: FORMAÇÃO

Para conjugar um verbo no Pretérito Imperfeito do Conjuntivo, deve retirar a terminação -ram da forma da 3ª pessoa do plural do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo. Em seguida, deve adicionar as terminações -sse, -sses, -sse, -ssemos, -ssem. Veja o exemplo de um verbo irregular e de um verbo regular no Pretérito Perfeito Simples do Indicativo:

  • 3ª pessoa do plural do verbo ser no Pretérito Perfeito Simples do Indicativo: eles/elas/vocês foram
  • 3ª pessoa do plural do verbo cantar no Pretérito Perfeito Simples do Indicativo: eles/elas/vocês cantaram
SERCANTAR
(eu) fosse
(tu) fosses
(ele/ela/você) fosse
(nós) fossemos
(eles/elas/vocês) fossem
(eu) cantasse
(tu) cantasses
(ele/ela/você) cantasse
(nós) cantássemos
(eles/elas/vocês) cantassem

Pratique agora a conjugação de verbos neste tempo do Conjuntivo com o exercício seguinte.

SE + IMPERFEITO DO CONJUNTIVO + CONDICIONAL/IMPERFEITO DO INDICATIVO

O Pretérito Imperfeito do Conjuntivo é, frequentemente, utilizado para expressar ideias irreais e hipotéticas, em estruturas de condição introduzidas pela conjunção se. Nestas estruturas, o Imperfeito do Conjuntivo pode correlacionar-se com o Condicional ou com o Imperfeito do Indicativo, tal como no exemplo seguinte:

EXEMPLO:

Se eu vivesse junto à praia, poderia/podia ver o mar todos os dias.

Pratique esta estrutura de condição no exercício abaixo apresentado.

Esperamos que as explicações e exercícios sobre o Pretérito Imperfeito do Conjuntivo sejam úteis para si e o(a) ajudem a melhorar a sua comunicação em português. Se sente que ainda precisa de entender melhor o Modo Indicativo, antes de estudar o Modo Conjuntivo, aproveite o pack de jogos do Falar Português A Jogar, Eu Entendo… o Modo Indicativo! Clique na imagem para saber mais.

Continue a receber todas as atualizações do Falar Português e conteúdos exclusivos, ao fazer parte da lista de subscritores da nossa newsletter.